quarta-feira, 12 de março de 2008

Notícias - Apelo à participação activa de todos - Diagnóstico Realização de um Inquérito ao Sentimento de Segurança e à Vitimação



"Portugal Seguro - Estratégia de Segurança para 2008"





Na Newsletter do Portal do Cidadao do dia 8 de Março do corrente ano vem a notícia sobre o
"Reforço Policial integra Estratégia de Segurança em 2008 - A abertura de concursos para admissão de 2.000 elementos pelas forças de segurança é uma das 15 medidas do programa "Portugal Seguro - Estratégia de Segurança para 2008" apresentado, quarta-feira, dia 5, pelo ministro da Administração Interna, Rui Pereira".


Vejam o Programa e vamos todos colaborar no inquérito que vão realizar aos cidadãos - só conseguindo saber o que realmente se passa no nosso país é possível tomar medidas adequadas para a melhoria dos serviços prestados e desempenho de todos os intervenientes do Processo e objectivos a atingir pelo Ministério da Administração Interna e todas as instituições e cidadãos envolvidos. Deixo aqui um exerto do documento que podem encontrar em "Portugal Seguro - Estratégia de Segurança para 2008" do Sr. ministro da Administração interna na divulgação pública em 5 de Março último diz : "... continuarão a ser criadas, até 2009 - na sequência de protocolo celebrado entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil, a Associação Nacional dos Municípios Portugueses e a Liga de Bombeiros Portugueses -, Equipas de Intervenção Permanente, nos Corpos de Bombeiros, para promover um socorro rápido às populações. Esta medida conjuga o voluntariado – que continua a ser um elemento de proximidade imprescindível - com a profissionalização de equipas especializadas. Até hoje, já foram celebrados 32 contratos com os municípios.
A Estratégia de Segurança para 2008, que hoje aqui apresentei, institui uma nova prática e uma metodologia inovadora. Doravante, quando apresentarmos o Relatório Anual de Segurança Interna, iremos formular também as orientações da política de segurança e definir as principais medidas a aplicar.
Deste modo, a política de segurança não se cingirá aos planos descritivo e analítico, aspirando a melhorar, activamente, as condições de vida dos portugueses. O nosso empenhamento político, a dedicação das Mulheres e dos Homens que servem as Forças e os Serviços de Segurança e a consciência que todos os cidadãos têm do valor deste direito fundamental garantem que seremos bem sucedidos
."


Saliento dois aspectos ao exerto do programa:


1) Vamos levar o Projecto em questão a sério, que não seja considerado mais um comunicado político com fins eleitorais. É imprescindível que o projecto se concretize para segurança de todos nós. Uma primeira análise à situação de insegurança nacional já foi feita e daí este comunicado mas é necessário que o inquérito que vai ser feito a todos nós = cidadãos tenha adesão como fossemos a um acto eleitoral - é um dver cívico assim como é um direito sentirmo-nos seguros quando andamos na rua ou estamos em casa.


A imprensa diária notícia um sem número de casos de assaltos e outros crimes públicos e privados, assustadores. É um facto que a imprensa hoje em dia está muito mais acessível a todos nós, que os meios de informação são muitos e pode parecer um exagero tanta notícia sobre o assunto mas acreditem que quando nos acontece a nós e aos nossos familiares (ver post abaixo "Home Jacking..." meu) e quando nos pedem os documentos que nos roubaram de casa a dormir e toda a gente tem um caso recente para contar semelhante caímos na realidade e vemos que é incrível e o pânico é generalizado!


2) Voluntariado


Em relação ao voluntariado é de facto de louvar todo o trabalho desenvolvido por pessoas humanas e sensíveis que se dão... sem contrapartidas. Eu e um grupo de pessoas (4) há mais de um ano que andamos a pedir informações a várias instituições nacionais que têm nos sites "voluntariado" e por incrível que pareça não temos resposta aos e-mails que enviamos, ou dão erro ou estão inactivos ou apenas não respondem! uma minha amiga foi ao Hospital Pedro Hispano por conhecimento com um senhor que exerce lá voluntariado, porque de outra forma não conseguia entrevista! e disseram-lhe que só aos sábados não precisam! (ela trabalha numa instituição pública e tem horários para cumprir)... dispunha-se a dar um sábado aos mais carenciados e a tarefas que muitos profissionais não têm tempo e/ou disponibilidade para fazer/dar aos doentes... é apenas um exemplo. Um dos sitios consultado para ver instituições que precisam e têm voluntariado foi http://www.voluntariado.pt/search.asp?concelho=190 !!! é surpreendente pela negativa - claro!

Não podemos desistir mas sim insistir, sermos uma referência de preserverânça para a melhoria contínua de uma Sociedade do Conhecimento mas melhor... como nos ensinou Abraham Lincoln, ver http://www.arqnet.pt/portal/biografias/lincoln.html , http://pt.wikipedia.org/wiki/Abraham_Lincoln,

entre outros vultos da história da humanidade. Vejam um dos livros de Augusto Cury, “NUNCA DESISTA DE SEUS SONHOS”, 160 págs. Rio de Janeiro, 9ª edição, 2004 – Sextante, que analisa a trajetória vitoriosa de grandes sonhadores, como Jesus Cristo, Abraão Lincoln e Martin Luther King. Cury faz-nos repensar a nossa vida e inspira-nos a não deixar os nossos sonhos morrerem mesmo quando a dor e a ameaça parece muito forte. O livro é muito interessante, simples leitura e recomendo vivamente a todos porque é um livro que pode e deve ser lido por todas as pessoas que querem aprednder sempre mais, ser e fazer melhor - a liderança é também isso.

"Se Todos Semear-mos todos colhemos"!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bem Vindos ao meus espaço!
Vou estar mais atentar e fazer mais partilhas. Gostaria muito de contar com a vossa participação e partilha dos temas mais diversificados nas áreas mencionadas.