quinta-feira, 29 de maio de 2008

Gente que faz a diferença.... aprender com o passado que é memória e por isso é também o presente!" Na TSF em 28.05.2008 com....

Decidi partilhar convosco porque há dias ía no carro a ouvir a TSF - o programa "Pessoal... e Transmissível, com Carlos Vaz Marques, de Segunda a Quinta-feira, 19h10m (Repete à 01h00m) http://tsf.sapo.pt/programas/programa.aspx?content_id=917512&title=Pessoal...%20e%20Transmiss%EDvel " e ouvi o senhor Eugénio Fuentes - Escritor Espanhol (Pessoal e Transmissível Posted: Thu, 7 May 2007 8:02:44 EDT Play Now entrevistado que fiquei deliciada com a visão deste escritor espanhol e lembrei-me do texto que o meu pequenote me enviou que tem tudo a ver com a dita entrevista.

O que um menino de 12 anos diz sobre o assunto abaixo. O Mi diz "Hello,it's me! Aqui vai um e-mail que achei interessante. Vê e reenvia!
Ps.O general Eisenhower era um grande vidente!?!?!?!!?
Ps.2-Estou a usar o e-mail da turma,portanto responde para o meu e-mail Beijos do Mi"

O texto era:
"-Exactamente, como foi previsto há cerca de 60 anos! É uma questão de História lembrar que, quando o Supremo Comandante das Forças aliadas, General Dwight D. Eisenhower encontrou as vítimas dos campos de concentração, ordenou que fosse feito o maior número possível de fotos, e fez com que os alemães das cidades vizinhas fossem guiados até aqueles campos e até mesmo enterrassem os mortos. E o motivo, ele assim explanou: " Que se tenha o máximo de documentação - façam filmes - gravem testemunhos - porque, em algum ponto ao longo da história, algum bastardo se erguerá e dirá que isto nunca aconteceu". "Tudo o que é necessário para o triunfo do mal, é que os homens de bem nada façam". (Edmund Burke) Relembrando: Há dias o Reino Unido removeu o Holocausto dos seus currículos escolares porque "ofendia" a população muçulmana, que afirma que o Holocausto nunca aconteceu... Este é um presságio assustador sobre o medo que está atingindo o mundo, e o quão facilmente cada país está se deixando levar. Estamos há mais de 60 anos do término da Segunda Guerra Mundial. Este e-mail está sendo enviado como uma corrente, em memória dos 6 milhões de judeus 20 milhões de russos, 10 milhões de cristãos, e 1900 padres católicos que foram assassinados, massacrados, violentados, queimados, mortos de fome e humilhados, enquanto Alemanha e Rússia olhavam em outras direcções. Agora, mais do que nunca, com o Irão, entre outros, sustentando que o "Holocausto é um mito", torna-se imperativo fazer com que o mundo jamais esqueça."

Fica aqui uma homenagem, é em Faro http://www.farojewishheritagecentre.org/ da Fundação Cemetery Restoration Fund Inc!

Que a memória não seja curta porque ela é o presente!

Parabéns Sr. Carlos vaz Marques (jornalista e... que CV!), por esta e muitas outras entrevistas que tenho ouvido, é simples, é espontâneo, sabe ouvir o entrevistado, deixa-o falar sem perder o fio condutor, fenomenal Senhor Professor! adorei o escritor de ontem (28/05(2009) e não consigo lembrar-me do nome! mas vou lembrar-me eu sei que sim, é impossível esquecer o vosso diálogo!

Se forem ver a referida entrevista vão perceber melhor esta dica que vos deixo :-)


"Lo que ocurre en la calla no ocurre en lo libro!"