sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Coaching nas Organizações

Há fases na vida das pessoas e das organizações em que é premente que a mudança aconteça. Quem faz as organizações são as pessoas e todas as pessoas são importantes – é um princípio fundamental – a assimilarmos e a pormos em prática na Sociedade do Conhecimento. Para que a Mudança aconteça ela tem que ser desejada – QUERER. Contudo a mudança assusta muitas pessoas, em minha opinião porque não estão informadas, porque a comunicação não funciona, quer a nível pessoal quer a nível organizacional e assim vai-se dizendo “hei-de fazer, hei-de mudar, …” e isso não acontece, as pessoas não põem em prática o seu desenvolvimento pessoal, logo não se valorizam, não sabem que “sabem ser” e “sabem fazer”, aí a sua auto-estima vai muitas vezes abaixo, não dão o seu melhor, não colocam o seu talento em prática porque têm medo e/ou porque as próprias chefias estão com o mesmo dilema, atràs descrito. O Coaching é como que uma auto-descoberta que faz brilhar as pessoas e, logo crescer as organizações, atingir o sucesso e a excelência individual e das organizações. A esse propósito, Mário Ceitil (Cegoc) dizia há dias numa entrevista que “em vez de os gestores se orientarem predominantemente para dar às pessoas instruções detalhadas sobre o que fazer e quando o fazer, [com o Coaching] focalizam-se mais em encorajá-las, a pensarem por si próprias, a serem mais pro-activas e a exercitarem a autonomia e a inicitiva”. Todos sabemos que quando delegamos mais actividades às pessoas mais elas se sentem motivadas, importantes porque estamos a confiar algo de novo nelas. O Líder não perde o controlo do que delega, ele supervisiona, orienta e gere melhor o seu tempo.Margarida Rebelo23.09.2009

domingo, 20 de setembro de 2009

rio de Janeiro emmmm

Divirtam-se.... http://www.youtube.com/watch?v=Z00jjc-WtZI :-)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Comunicar, comportamentos...

O BARULHO DA CARROÇA

"Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque. Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou: - Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa ? Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi : - Estou ouvindo um barulho de carroça. - Isso mesmo, disse meu pai, é uma carroça vazia ... Perguntei ao meu pai: - Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos ? - Ora, respondeu meu pai, é muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz!
Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir o meu pai dizendo :
...Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz ! ..."
( autor desconhecido )
Uma prenda do Alexandre Mendes (Brasil)!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Seminário de Coaching - AEP 24 de Setº09

A não perder, é tempo de mudança...

Seminário de Coaching - AEP 24 de Setº09

AEP / International School of Professional Coaching Seminário

«Coaching para a Excelência Empresarial» Dia 24 de Setembro de 2009 - 14h30/17H15

Auditório da Formação no Edifício de Serviços da AEP Inscrições : www.aeportugal.pt/

A não perder!! é gratuito mas com inscrição obrigatória, já foi alterado o auditório devido à adesão, veja mais em:

AEPortugal
Fonte: www.aeportugal.pt